FLUXO DE CAIXA, AUMENTÁ-LO É A JOIA DA COROA


A pessoa para subsistir depende de 2 coisas.  De sua vida ESPIRITUAL, crenças, estudos; e de sua vida MATERIAL, água, alimentos, família, trabalho, produção de riquezas.

Continuando com uma parte do MATERIAL, a humanidade precisa se alimentar para sobreviver conjugando os verbos Consumir, Trabalhar e Investir.  O que afirmamos é que nesses 3 verbos estão todas as ações que permitem a subsistência do ser humano, como comer, trabalhar e produzir riqueza.  Para demonstrar que tudo está dentro desses 3 verbos, usamos a Teoria do Completo, parte dela descuberta acidentalmente em 1999 quando se trabalhaba na solução de um programa de computador, e que consiste em nomear TODAS as áreas que compõem o tema tratado para demonstrar sua veracidade.  Não se entrará em detalhes para sua demonstração por não ser ainda homologada pelas entidades competentes. Aqui só daremos um exemplo. Quando se fala sobre sustentabilidade, a ONU tem 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS).  Não são 16 nem 18.  Se supõe que todo o referente a sustentabilidade está nesses 17 ODS sem sobrar nem faltar nada.  Com isto podemos entender que se aparecer novos ODSs significa que não dominamos por completo o tema da sustentabilidade.  Nas matemáticas se o número de áreas é "N", se deve demonstrar que se existe o "N+1", ele deverá ser o vazio.  No exemplo anterior se deveria demonstrar que é impossível encontrar o ODS #18.

CONSUMIR depende da Economia, onde o preço se gera pela lei da oferta e da demanda do produto.  Aqui ao consumir, a riqueza do indivíduo diminui.

TRABALHAR depende também da Economia, onde os preços, neste caso salários, dependem também da lei da oferta e demanda de empregos.  Aqui ao trabalhar, a riqueza do indivíduo aumenta.

E finalmente INVESTIR depende das Finanças, onde o preço depende do valor intrínseco do produto investido.  Aqui ao investir, a riqueza do indivíduo tanto pode aumentar como pode diminuir.

Em base ao parágrafo anterior podemos demonstrar matematicamente que a segunda coisa mais importante em finanças é avaliar empresas, ou seja, construir um Fluxo de Caixa Futuro (FCF) ou fluxo de caixa esperado da empresa, e gerar uma Taxa de Juros equivalente ao risco da empresa no mercado em que opera, com o propósito de calcular a somatória dos Valores Presentes desse fluxo de caixa, descontado a essa taxa de juros.

O bom senso agora nos permite deduzir que o mais importante em Finanças Corporativas deve ser AUMENTAR esse FCF.  E isto é um postulado.  Não é necessária sua demonstração.

Como existem dois tipos de empresas, as que estão bem e as que andam mal, podemos chegar aos seguintes serviços a oferecer
:

  1. Aumentar o FCF das empresas que estão mal. Chama-se de Recuperação de empresas.
  2. Aumentar o FCF das empresas que andam bem. Chama-se de Progresso ou Melhora de empresas.
  3. Avaliar empresas.

É por este resultado que na PROPOSTA de VALOR da Home Page estamos oferecendo esses 3 serviços no lado esquerdo da página.

_____________________________________________________________________________________________ 

Isaac Hayon Sasson é Engenheiro Mecânico, Executive MBA, especializado em Finanças Corporativas, e consultor nas áreas de avaliação de empresas, projetos de engenharia, construção de fábricas e recuperação de empresas.

E-mail :  [email protected]   Portal :  www.valordeempresa.com

"O Fluxo de Caixa depende das decisões diárias que toma o pessoal da empresa, diretivos e empregados"